Uma “paywall” ou “muro de pagamento” é um método para limitar o acesso a um determinado conteúdo, através do pagamento de uma assinatura.

 

Esse sistema de pagamento poderá ser a solução para combater o declínio de leitores na versão impressa e contrariar a quebra das receitas de publicidade. Estas alterações do modelo de negócio do jornalismo fazem com que deixe de prevalecer a lógica da manchete.


Até julho a circulação dos jornais em papel, em Espanha, caiu 10% e a publicidade 7%. Os especialistas referem que cerca de 400 mil leitores no país pagam para ler noticias. Miguel Ormaetxea acredita que não serão as “paywalls” que conseguirão salvar a imprensa, “excepto em casos excepcionais”.

 

Mas no texto o autor cita dados de um inquérito publicado pelo Ministério da Cultura, indicando que 76,9% da população lê a imprensa ou jornais pelo menos uma vez por mês.

 

A maioria dos que acedem à imprensa através da Internet (39,8%) fá-lo gratuitamente (39,3%). O autor considera que há, ainda, um caminho a percorrer e que, a ser uma possibilidade, é necessária uma mudança de mentalidades.

 

Mais informação em Media-tics.