A cerimónia de entrega de prémios contou, também, com as intervenções de  Isabel Díaz Ayuso, Presidente da Comunidade de Madrid, e de José Luis Martínez-Almeida,  Presidente da Câmara de Madrid.


No seu discurso, Díaz Ayuso insistiu na importância da profissão jornalística como "pilar do sistema democrático". 


"Não há verdadeira liberdade sem imprensa livre. Por isso, não podemos ficar satisfeitos com a 29ª posição de Espanha no Índice de Liberdade de Imprensa dos Repórteres sem Fronteiras”, disse.


Por sua vez,  Martínez-Almeida considerou essencial defender a “pluralidade da liberdade de expressão” e “todos os jornalistas”, que “desempenham um papel determinante num momento (...) em que nunca houve tanta desinformação”.


A cerimónia foi encerrada por uma mensagem de solidariedade e de esperança, com a actuação musical da violinista ucraniana Ala Voronkova  e da pianista russa Daria Piltyay.