Em declarações à Agência Lusa, o administrador da MC Entertainment explicou que o lançamento visa “dar os primeiros passos na transformação digital, sem que isso signifique o abandono do FM”. 

Indicou também que a M80 é a primeira rádio do grupo a ter estas estações digitais, num trabalho que está a ser desenvolvido há mais de um ano, mas “há outras em vista”, que não especificou. 

A razão pela qual a Media Capital começou com a M80 foi porque a ideia “surgiu no seio” desta rádio e também devido aos seus resultados. 

“A M80 é a terceira maior rádio portuguesa, à frente de outras rádios nacionais, e por isso faz todo o sentido” que lidere a aposta, acrescentou.

 

Mais informação no DN e na M&P