Assim, o quarto lugar ficou reservado para a agregadora noticiosa “Breaking News”, enquanto a “UK Breaking News” conquistou a quinta posição do “ranking”.


É preciso notar, contudo, que a “Apple News” não consta nesta lista, devido a normas de segurança e privacidade da empresa.